quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Midnight


Vamos Lá! Com olhos vermelhos de sangue, eu vejo você dormindo calor que eu sinto ao meu lado está desaparecendo lentamente ela me ouviria, se eu chamasse seu nome? ela me seguraria, se ela conhecesse minha vergonha? Há sempre algo diferente indo errado.

O trajeto que eu ando está na direção errada.

Há sempre alguém fodendo com tudo alguém pode me ajudar a fazer as coisas melhorarem? Suas lágrimas não caem, elas quebram ao meu redor a conciência dela chama, o culpado a vir para casa suas lágrimas não caem, elas quebram ao meu redor a consciência dela chama, o culpado a vir para casa os momentos morreram, Não te escuto gritando as visões deixadas dentro de mim estão desaparecendo lentamente ela me ouviria, se eu chamasse seu nome? ela me seguraria, se ela conhecesse minha vergonha? Há sempre algo diferente indo errado.

O trajeto que eu ando está na direção errada há sempre alguem fodendo com tudo alguém pode me ajudar a fazer as coisas melhorarem?

Esse abatedouro eu já tenho visto antes os ossos quebrados não se curam mais, não mais com minha ultima respiração eu estou asfixiando eu espero que isso não seja o fim meu mundo está acabado mais uma vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário